Sindivapa - Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas no Vale do Paraíba e Litoral Norte

Sindicato das Empresas de Transporte
de Cargas no Vale do Paraíba e Litoral Norte

SINDIVAPA realizará Curso de Formação de Frete e Tabela Minima de Frete (Res. Nº 5.820 da ANTT)

Fonte: Sindivapa

14.09.2018

Sindivapa realizará curso sobre Curso de Formação de Frete e Tabela Minima de Frete no dia 20/09/2018 (quinta-feira), das 08h00 às 17h30 em sua sede ( Av. Dr. João Batista Soares de Q. Junior, 1880, Jd. das Industrias - São José dos Campos).


 

Inscrições via e-mail : gerencia@sindivapa.com.br

(enviar CNPJ da empresa, nome e e-mail dos participantes)

 

EMPRESAS ASSOCIADAS :          

01 inscrição: R$150,00 (cento e cinquenta reais).

 A partir de 02 inscrições: R$100,00 (cem reais) cada .

 

EMPRESAS NÃO ASSOCIADAS :  

01 inscrição: R$300,00 (trezentos reais).

 A partir de 03 inscrições: R$250,00 (duzentos e cinquenta reais) cada.

 

Incluso: Coffee-break, apostila, material de apoio e certificado de participação.

 

Roteiro : Parte Técnica e Prática do conteúdo formação de preço de frete e na sequência com base no  entendimento destes itens evolui-se para análise técnica e prática da tabela de piso mínimo de frete e sua aplicação.

Público Alvo:  Profissionais da área Comercial, de venda e compra de frete que tem como objetivo aprender a formação de preço de frete dentro da realidade atual do mercado.

Programa : FORMAÇÃO DE PREÇO DE FRETE: I - Composição do frete; Frete-peso; Custos diretos; Planilha de custo operacional de veículos rodoviários; Custos indiretos; Despesas administrativas; Despesas de viagem; Frete-valor; Acréscimos no preço; Impostos e taxas; Gris; Taxas e Generalidades; Método de rateio do pedágio na carga fracionada. Lucro: II - Preços de transporte e montagem de tabelas de fretes; Aluguel mensal: veículos agregados; Tabelas de fretes por: Faixa de quilometragem; Viagem/rota (destino); Tipo de carga; Tipo de veículo; Unidades de carga (ton., m3, litro, container, etc); Formas de reajuste; Criação de índices próprios; Utilização de índices de terceiros: INCT, ICOVER, FGV, entre outros; Repasses de aumentos de insumos: combustível, mão-de-obra, etc... -ANÁLISE DA TABELA DE PISO MÍNIMO DE FRETE (Resolução Nº 5.820 da ANTT): Apontamentos Técnicos sobre o texto da Resolução : Qual foi a metodologia usada pela ANTT para elaboração das tabelas de preços mínimos; Abordagem de itens técnicos descritivos no cálculo a ser utilizado com a aplicação da tabela ; Abordagem e orientações dos questionamentos técnicos oriundos da aplicação da tabela; Simulações com a TABELA DE PISO MÍNIMO DE FRETE ; Análise técnica das dúvidas mais indicadas e Orientações finais.

 

Facilitador :  Lauro Valdívia – Assessor Técnico NTC LOGÍSTICA  - Engenheiro de Transporte formado pela FEI, pós-graduado e mestre em Administração de Empresas, professor universitário, responsável técnico do site GUIA DO TRANSPORTADOR, com mais de 15 anos de atuação no setor já prestou consultoria para mais de 100 empresas (Vale do Rio Doce, Honda, Volksvagen, Alcoa, entre outras).

Saiba Mais!

Patrocinadores



Patrocínio:

Apoio: